CTB Digital

CTB Digital

Comentário

    Na realização de conversões, o artigo 38 do CTB determina que o condutor deverá:
I - ao sair da via pelo lado direito, aproximar-se o máximo possível do bordo direito da pista e executar sua manobra no menor espaço possível; e
II - ao sair da via pelo lado esquerdo, aproximar-se o máximo possível de seu eixo ou da linha divisória da pista, quando houver, caso se trate de uma pista com circulação nos dois sentidos, ou do bordo esquerdo, tratando-se de uma pista de um só sentido.
    O parágrafo único ainda complementa que “durante a manobra de mudança de direção, o condutor deverá ceder passagem aos pedestres e ciclistas, aos veículos que transitem em sentido contrário pela pista da via da qual vai sair, respeitadas as normas de preferência de passagem”.
    O descumprimento da norma geral de circulação e conduta acima apontada, entretanto, somente caracteriza a infração de trânsito do artigo 197, quando o condutor for entrar em outra via. Se for entrar ou sair de área lindeira (acessar qualquer imóvel ao longo da via, e vice-versa), a infração cometida é a prevista no artigo 216 (“Entrar ou sair de áreas lindeiras sem estar adequadamente posicionado para ingresso na via e sem as precauções com a segurança de pedestres e de outros veículos”).
    Tal diferenciação consta do Volume I do Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito (Resolução do Conselho Nacional de Trânsito n. 371/10), que ainda frisa tratar-se de regra geral, segundo a qual o condutor deve estar na faixa mais extrema da pista de rolamento para a execução da manobra, independente de sinalização horizontal ou vertical, devendo-se, destarte, autuar o veículo que converge a partir da segunda faixa (à esquerda ou à direita); por outro lado, se houver sinalização vertical ou setas indicativas de posicionamento pintadas na pista de rolamento (por exemplo, destinando 2 ou mais faixas para a manobra), vale a sinalização e o condutor não deve ser autuado. 
    O MBFT também traz outras 2 infrações específicas, que podem estar presentes neste tipo de conduta:
- artigo 193, se a manobra for efetuada passando por cima da marca de canalização; e 
- artigo 204, quando o condutor não aguarda no acostamento à direita (quando existente), para cruzar a pista, ou entrar à esquerda.
    Nestas situações, aplicam-se os enquadramentos mencionados, em detrimento do artigo 197.
 
JULYVER MODESTO DE ARAUJO, Capitão da Polícia Militar de São Paulo, com atuação no policiamento de trânsito urbano desde 1996; Mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pelo Centro de Altos Estudos de Segurança da PMESP; Mestre em Direito do Estado pela Pontifícia Universidade Católica - PUC/SP; Especialista em Direito Público pela Escola Superior do Ministério Público de SP; Coordenador de Cursos, Professor, Palestrante e Autor de livros e artigos sobre trânsito.

Autor:

    Os comentários publicados não refletem, necessariamente, a opinião da Empresa.

    É estritamente proibido o uso e/ou publicação desse material, em qualquer meio, sem permissão expressa e escrita do autor do comentário.

Art. 197

Capítulo XV - DAS INFRAÇÕES

Deixar de deslocar, com antecedência, o veículo para a faixa mais à esquerda ou mais à direita, dentro da respectiva mão de direção, quando for manobrar para um desses lados:
Infração - média;
Penalidade - multa.
 

AS IMAGENS EXIBIDAS SÃO MERAMENTE ILUSTRATIVAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. ATUALIZADO EM: 20/09/2017. POWERED BY TOTALIZE INTERNET STUDIO.  Site map